Os Herdeiros da Terra

“Os Herdeiros da Terra”- “Heirs to the land”. Espanha, 2022

Direção: Jordi Frades

Você viu e gostou da “Catedral do Mar”? Então veja também a continuação dessa história, baseada no livro de Ildefonso Falcones, numa série de 8 capítulos.

Tem como cenário a Barcelona de fins do século XIV, anos 1300 e mostra os contrastes da vida de nobres e do povo, os privilegiados e os desprovidos de tudo.

O personagem de Arnau Estanyol (Aitor Luna), um “bastaixo”, nome dos que ergueram a famosa Catedral com a força de seus braços, agora, graças à sua inteligência e temperamento amigável tornou-se um rico negociante, pertencendo aos 100 Cidadãos do Conselho da cidade. Casado com Mar (Michelle Jenner) construiu para si um belo palácio ricamente decorado, onde viviam com seu filho Bernat (Rodolfo Sancho).

Pensando no futuro de seu herdeiro, Arnau o envia a Constantinopla por mar para que aprendesse a arte do comércio e da navegação, naqueles tempos que privilegiavam os barcos com mercadorias, escravos e marinheiros.

Mas o principal personagem dessa parte da história é Hugo (Yon Gonzalez), um garoto de 12 anos, que perdeu o pai num naufrágio e torna-se protegido de Arnau. Mar lhe dá as roupas que seu filho deixou para trás e belas botas vermelhas. Para Hugo, que andava descalço, aquilo era o seu maior tesouro.

Mas a vida feudal era dura para os que não possuíam riquezas. Apesar da proteção de Arnau, a mãe de Hugo é levada por um açougueiro e o garoto, por intervenção do comerciante, vai trabalhar nos estaleiros para aprender a profissão. Sua irmã escolhe trabalhar no convento das freiras. Não será esquecida.

A religião católica, ainda ligada à Inquisição que dominava a corte e o trono, era temida e perseguia os judeus ricos. Hugo era amigo de um judeu poderoso e irá casar-se com uma judia bela e de família rica.

Mas o velho rei está morrendo e o poder vai mudar de mãos. Em Barcelona, o inimigo de Arnau Estanyol, Conde de Navardes, toma o poder e não vai ter piedade de ninguém.

A ambição pelo poder e a riqueza de mãos dadas com a vingança, vai fazer o sangue correr como um rio pelas ruas de Barceloma.

As mulheres ocupam bastante espaço na história, seja como esposas, amantes, criadas, escravas, freiras, princesas ou rainhas. Não se deixam abater e muitas vezes comandam os acontecimentos. O amor, as traições, o mistério dos venenos e das plantas que curam é o terreno delas, todas feiticeiras da luz ou das sombras.

A lição que encerra “Os Herdeiros da Terra” é a de que o poder usado com crueldade, deixa os homens ainda mais vulneráveis a crueldades maiores. Hugo aprendeu com Arnau de Estanyol o preço que se paga quando não existe perdão nem compaixão.

E a belíssima cena final indica que há esperança para a humanidade quando a terra for nossa herança bem cuidada, de geração a geração.

Este post tem 0 Comentários

Deixe seu comentário

Obter uma imagen no seu comentário!