Um Limite Entre Nós

“Um Limite Entre Nós”- “Fences”, Estados Unidos, 2016

Direção: Denzel Washington

Depois do Oscar 2016 ter sido criticado como “sowhite”, tão branco, deu-se uma reviravolta em 2017 com dois filmes de elenco inteiramente negro e outro com mulheres negras como as estrelas principais. Todos os 3 indicados a melhor filme.

“Um Limite entre Nós”é também dirigido por um negro, o ator Denzel Washington, que é o personagem principal. O roteiro é uma adaptação da peça teatral “Fences”, premiada com o Pulitzer, escrita em 1983 pelo teatrólogo August Wilson (1945-2005), que não chegou a finalizar a adaptação, retomada por Tony Kushner.

Todo o elenco adulto do filme participou do “revival” da peça teatral na Broadway em 2010. Ganharam o prêmio “Tony”de melhor “revival”, ator para Washington e atriz para Viola Davis. E esse é o grande acerto do filme. O elenco trabalha muito bem, com grande conhecimento do texto. E isso ajudou também na direção. Mas a impressão da plateia é a de estar vendo teatro filmado.

A história passa-se em Pittsburg, final dos anos 50. Tony Maxton é um lixeiro quase na idade da aposentadoria, que quer ser motorista de caminhão de lixo e não coletor. Ele, que se viu frustrado em seu desejo de jogar beisebol como profissional, culpa o racismo por esse fracasso que o levou à prisão por roubo. Depois casou-se com Rose e estão juntos há 18 anos.

Tony diz ao amigo e companheiro de trabalho que seu casamento é muito feliz. Mas Bono (Stephen Henderson) vê que ele anda atrás de uma mocinha. E, nas entrelinhas  e nos olhares de Rose (grande Viola Davis), lemos coisa diferente do que Tony diz.

E o cerne dos acontecimentos se revela na dificuldade que Tony tem de ser um bom pai para seus filhos. O mais velho quer ser músico e tem a desaprovação do pai. O mais novo sonha em jogar beisebol, a grande frustação da vida de Tony, que tenta dissuadi-lo de todos os modos, chegando até a violência.

A famosa cerca que dá nome à peça teatral é uma metáfora bem imaginada. Há uma frase lapidar do amigo Bono, que ajuda Tony a construir a cerca a pedido de Rose:

“- Tem gente que constrói cercas para se isolar do mundo. Manter as pessoas fora. Outros, para ninguém sair. Para manter unidos aqueles que ama.” E diz que Rose é uma pessoa da segunda espécie.

Mas o fato é que o casamento não vai bem.Tony bebe muito e fala o tempo todo. Gosta de ser o centro das atenções mas não se move um milímetro de suas posições duras.

Temos a impressão de que Tony culpa a todos por suas frustações, cobrando no presente pelo passado que já aconteceu e não pode ser mudado.

O final é surpreendente. E Viola Davis mostra seu imenso talento.

“Um Limite entre Nós”, mesmo sendo teatro filmado e muito longo, é um filme com grandes interpretações.

O filme foi indicado ao Oscar nas categorias de melhor filme, ator para Denzel Washington, atriz coadjuvante para Viola Davis e roteiro adaptado.

Este post tem 4 Comentários

  1. Beatriz disse:

    Concordo com você. Acabei de assistir. O início é muito cansativo e forçado. Achei muito longo.

  2. Shirley Carvalho disse:

    É um filme emocionante, onde não só revela um homem de orgulho mas também de uma mulher que vê além daquele orgulho.
    E como se não fosse mais intrigante que os diálogos e palavras profundas que há nesse filme, e que nos faz refletir mesmo sem não querer, a esposa decide continuar o legado de seu esposo, ela ao longo de seus anos com ele percebeu que tudo o que ele queria era voltar naquilo que o mantinha vivo( sua juventude) e como não podia ele se concentrou em seus filhos, de forma dura, mas com base em ser alguém melhor que ele foi ou era. Perfeito

  3. Eleonora Rosset disse:

    Shirley querida,
    Respondo atrasadíssima mas o problema é do Word que não avisa sobre comentários…
    Escolhi colocar esse filme como dica da Netflix e revendo concordo com vc. A mensagem é forte e muito humana. Todos queremos ter uma nova oportunidade para realizar nossos sonhos. Mas a juventude passa e se ficarmos amargos porque não aconteceu, ficaremos amargos ou vamos ter muita inveja dos jovens que tem a vida pela frente.Por isso é bom refletir sobre essa questão vendo esse filme.
    Bjs

Deixe seu comentário

Obter uma imagen no seu comentário!