Green Book – O Guia

“Green Book – O Guia”- “Green Book”, Estados Unidos, 2018

Direção: Peter Farrely

O que é o “Green Book”? É um guia que servia para indicar, no início dos anos 60, os hotéis e restaurantes que aceitavam negros como hóspedes e clientes, no sul dos Estados Unidos. O preconceito racial era enorme e ainda existe, infelizmente, como vimos no filme “Infiltrado no Klan” de Spike Lee.

Viggo Mortensen, depois de engordar muitos quilos, interpreta um daqueles italianos rudes e temperamentais de Nova York que trabalha como garçom e segurança numa das mais famosas boates da época, o Copacabana. O filme começa lá, numa noite de sábado. O “crooner” é Bobby Ridell e a clientela é tradicional, com homens de gravata e mulheres com estolas de vison e muito laquê nos cabelos penteados em coques.

Quando começa uma briga, o segurança italiano arrasta para fora um homem bêbado. Era o seu trabalho.

Mas quando o Copacabana fecha para uma reforma, Tony Lip fica desempregado. Como vai sustentar a família? A mulher dele (Linda Cardellini) se preocupa com os dois filhos do casal.

É nesse momento que entra em cena Mahershala Ali que faz um músico negro erudito, que toca jazz no piano, e que mora num apartamento em cima do Carnegie Hall, lugar onde se apresentam os maiores talentos do mundo.

O fato é que Don Shirley precisava de um motorista que também fosse seu assistente e segurança, porque iria começar uma turnê pelo sul dos Estados Unidos

“Green Book” diverte, faz rir e chorar mas também reflete sobre o preconceito. Porque se Tony Lip era preconceituoso, Don Shirley também era, em relação aos de sua cor, sem saber, como depois fica claro nessa viagem com o italiano. Os dois vão sair modificados depois dessa convivência. E da melhor maneira possível.

O filme, que conta uma história real, é dirigido por Peter Farrely e tem roteiro do próprio diretor, Nick Vallelonga (filho do real Tony Lip) e Brian Hayes Currie.

“Green Book – O Guia” é um filme sem grandes pretensões mas excelentes atuações. Viggo Mortensen e Mahershala Ali estão em todas as listas de indicados a melhor ator e coadjuvante, inclusive no Oscar.

Já levou o Globo de Ouro de melhor filme comédia.  E certamente ganhará outros prêmios porque é um formidável representante do que os americanos chamam de “feel good movie” ou seja, aquele que faz você sair do cinema com um sorriso no rosto.

Este post tem 1 Comentários

  1. Homerix disse:

    Adorei! Principalmente o ‘feel good movie’, é exatamente isso que ele é!! E tem pretensões, sim!!

Deixe seu comentário

Obter uma imagen no seu comentário!